Retrato-Maureen-Miranda-.jpeg

Foto por Simone Kontraluz

Olá!

MEU NOME É
MAUREEN MIRANDA

Minha ARTE, arte tua.

 

Comecei a desenhar ainda criança, nos cadernos de escola, depois em folhas de sulfite e finalmente com o passar dos anos em blocos profissionais. Até meus 15 anos de idade estava perdida em técnicas, materiais, composições... acabava por usar um pouco de tudo, canetinha hidrocor, lápis preto, lápis de cor, carvão etc.

 

A evolução da minha técnica chegou por ajuda externa, um amigo publicitário que morava no mesmo prédio que me presenteou com uma caneta nanquim e, depois disso, o nanquim começou a fazer parte da minha estória de vida.

 

Foi uma espécie de “eureka” para mim. Até meus 20 anos só desenhava em preto e branco e usando nanquim, bico de pena e caneta descartável. Meus temas eram o cotidiano e o fantástico, adorava desenhar pessoas agasalhadas no frio e mulheres com asas. Até que um dia, minha mãe, que também é artista plástica, me apresentou a aquarela, e, assim sendo, fez-se a união perfeita pra mim: nanquim com aquarela, que perdura até hoje.

 

Fui vivendo e vivendo, então surgiu a necessidade de outras matrizes maiores onde a tinta não escorresse tanto, busquei acrílica e a tela e com essa dupla tudo ficou mais forte para mim.

 

Meus temas se aprofundaram e o cotidiano que retrato hoje é o estado de espírito no qual me encontro, a subjetividade da alma, os olhares das pessoas que cruzo, a visão de mundo, a vida. Costumo dizer que meus desenhos são meus filhos que criei para o mundo!!!!

 

Maureen Miranda

O ateliê

Vídeo por Simone Kontraluz